Fala Guarulhos

Fiscalização de bagagens de mão em Cumbica começa no próximo dia 23

Por: , 14 de maio de 2019 às 10:12 | Em
  • Geral
  • Guarulhos
  • Notícias
  • Antônio Boaventura antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br Depois de 43 dias do início da operação de fiscalização de bagagens de mão em vários aeroportos do pais, no Aeroporto Internacional de São Paulo–Guarulhos, em Cumbica, […]

    Antônio Boaventura

    antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

    Depois de 43 dias do início da operação de fiscalização de bagagens de mão em vários aeroportos do pais, no Aeroporto Internacional de São Paulo–Guarulhos, em Cumbica, ela começará no próximo dia 23. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), o procedimento será adotado para embarques por quatro companhias aéreas – Azul Linhas Aéreas, Avianca, Gol e Latam.

    A ação, segundo a Abear, visa o reforço das regras de viagens aéreas estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) a partir de março de 2017, por meio da Resolução 400, além de agilizar o fluxo dos clientes nas áreas de embarque, evitando atrasos e trazendo maior conforto para todos os passageiros. Em Guarulhos, esta medida começa no dia 23.

    Após cada aeroporto ter um período de aproximadamente duas semanas de caráter estritamente educativo, com os passageiros sendo informados sobre as medidas das bagagens de mão, agora as malas fora do padrão precisarão ser despachadas nos check-ins das companhias aéreas, estando sujeitas a cobranças de acordo com o tipo de franquia contratado para a viagem.

    As medidas da bagagem de mão (55 centímetros de altura x 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade) foram padronizadas pelas empresas para melhor acomodação, conforto e segurança.

    Caso o passageiro ultrapasse os limites padronizados pelas empresas em voos domésticos, será necessário realizar o despacho, podendo haver o pagamento de uma tarifa por isso, dependendo do tipo de bilhete adquirido e de políticas de cada companhia.

    Passageiros precisam estar atentos na hora do embarque

    Os clientes podem verificar, antes da viagem, se o tipo de tarifa adquirida inclui a bagagem despachada, que também pode ser contratada a qualquer momento com desconto pelos canais digitais das companhias aéreas. Os preços partem de R$ 59. 

    “Vamos ver até onde isso pode chegar. Será mais uma taxa imposta aos contribuintes. Não entendi o porquê destas medidas, mas vamos respeitar e ver quais serão os efeitos delas, se positivo ou negativo”, encerrou o empresário Emanoel Sampaio, 58.

    Já a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) define, por regulamento, apenas o peso mínimo permitido, que é de 10 quilos por passageiro, condicionado ao modelo de aeronave a ser operado. As regras para bagagem de mão estão estipuladas na Resolução nº 400/2016, que diz: O transportador deverá permitir uma franquia mínima de 10 (dez) quilos de bagagem de mão por passageiro de acordo com as dimensões e a quantidade de peças definidas no contrato de transporte.